13/08/2012

Entrevista com Kevin McKidd: Salário, fama e mais

BY Karina IN , 7 comments

Coração valente: Conheça o grande escocês Kevin McKidd

Enquanto Trainspotting projetou Ewan McGregor para a estrada de Hollywood, sua co-estrela e  companheiro escocês Kevin McKidd tomou uma rota mais tranqüila, acabou se tornando um médico em Grey's Anatomy e estrela da nova animação da Pixar.


Em uma tarde escaldante em LA, eu estou em um cinema no The Grove, shopping ostentoso ao ar livre. Eu me sinto um pouco estranho. Não porque eu sou um homem solitário em uma exibição de desenhos animados para crianças, apesar de que é estranho o suficiente. (Mais estranho ainda: Existem outros caras não acompanhados no teatro escuro. Qual é a sua desculpa?) Não, eu estou transbordando por causa de Brave, a mais recente animação da Pixar, que está me oferecendo, um escocês, milhares de quilômetros de distância do coração e do lar, uma dose severa de nostalgia. 

Brave é o tipo de filme:  uma carta de amor a uma romantizada, Hollywood visão da Escócia, centrada na relação volátil entre uma garota rebelde e sua mãe. Ainda que a criança é uma princesa ruiva moleca (dublado por Kelly Macdonald), em uma mística Caledônia de bruxas, guerreira de espada em punho, enquanto a mãe é uma rainha graciosa (Emma Thompson),  casada com um rei guerreiro de uma perna só (Billy Connolly), eu me identifico.

Kevin McKidd conhece o sentimento. Em Brave, McKidd, nascido e criado nas montanhas, é a voz do chefe do clã Lorde MacGuffin e seu filho Jovem MacGuffin. Este último é um pretendente da heroína princesa Merida, trazida à vida por Kelly Macdonald, uma outra aluna Trainspotting. McKidd dá a ambos os personagens um um sotaque próximo de si, com um adicional de 'teuchter' (a palavra escocesa para um caipira).

Kevin, de 39 anos de idade, mora em L.A. há 6 anos, os últimos quatro deles fazendo o papel do antigo militar médico Dr. Owen Hunt no drama médico, líder de audiência, Grey's Anatomy.

McKidd, pai de Joseph, 12, e Iona, 10, diz "Meus filhos são muito resolvidos, então eu estou preso aqui (em L.A.), provavelmente, por um tempo. Mas sim, há muita coisa a dizer sobre o seu país de origem, especialmente quanto mais velhos ficamos. E quanto mais velho a sua mãe e seu pai ficam, você começa a se preocupar com eles, todo esse tipo de coisa."

McKidd - e os filhos e esposa Jane - abordou sua nostalgia patriótica de frente. "No verão estávamos pensando em ir para o Colorado e alguns dos outros estados que não tínhamos visto. Mas assim que viram Brave na premiere em L.A., os meus filhos eram como, 'Nós queremos voltar para a Escócia!'" No mês passado, os McKidds devidamente encontraram-se no Rio Findhorn no nordeste da Escócia, antes de irem a casa da avó e do avô, "sentado no sofá e comendo Jammie Dodgers (popular biscoito britânico)..." "Então, sim," o ator reconhece com um sorriso, "o filme tem algum efeito."

Eu encontro Kevin McKidd no dia depois de ver Brave, em um hotel de Hollywood. Ele está tão escocês como ele era quando nos conhecemos em Glasgow, set de Trainspotting em 1995. Embora ele está menos ameaçador do que quando eu encontrei pela última vez, em Edimburgo no set de 16 Years of Alcohol (2003).


McKidd trabalha 14 horas por dia em Grey's Anatomy, cinco dias por semana, quase dez meses por ano e ganha cerca de US $ 1 milhão por ano (Ellen, Patrick e Sandra ganham mais de US $ 8 milhões por ano). Quando ele está dirigindo um episódio - o que ele está prestes a fazer, pela quarta vez - sua família se acostuma a ele ser tão ausente de casa. "É como trabalhar numa plataforma de petróleo. Você desaparece do mapa por três semanas. Mas eu acho que eles já se acostumaram ao longo do tempo - é o que o meu trabalho sempre foi ".

Qual foi a experiência de McKidd com a fama nos Estados Unidos?  "Você é tipo protegido pelos números em Grey's Anatomy. Não é tão ruim em nosso show - é como um grande conjunto de atores, por isso é compartilhado. E o real centro das atenções são Patrick [Dempsey] e Ellen [Pompeo]. Então eu me sinto como se estivesse levemente desviando essa bala, apesar de eu ter muito mais atenção agora na fila de check-out no Trader Joe."

"Continuo achando estranho quando você está em Beverly Hills e você sai do dentista e há quatro paparazzi lá, tirando sua foto. Isso é estranho!"

Foi uma carreira lenta de McKidd. Ele não aparece no famoso cartaz do filme Trainspotting ao lado das outras estrelas. Era, ele admite, uma exclusão simbólica. Mas não inapropriada. "Havia, provavelmente, uma parte de mim que quando jovem sentiu um pouco 'Oh, eu não sou cool o suficiente para estar nesta festa.' Obviamente não é a minha questão." Se tudo tivesse explodido para mim, eu não acho que eu teria lidado  bem com isso. Havia alguns anos de vacas magras e eu fui e fiz teatro e só lascadas e lascadas - e eu estou feliz que funcionou do modo como aconteceu."

Dez anos depois de Trainspotting, a espetacular série da HBO/BBC Roma (2005-2007) mudou as coisas para McKidd. Mesmo que o drama de grande orçamento histórico tenha sido cancelada depois de apenas duas temporadas, deu ao escocês  um nome nos Estados Unidos.  Em 2007, ele foi o protagonista na série sci-fi Journeyman. Essa, também, foi cancelada após 13 episódios, mas, por sua vez, o levou a Grey's Anatomy. Ele pode não ter o perfil do filme A-lister de McGregor, mas ele tem uma ocupada, sólida e bem remunerada carreira de uma estrela da TV americana algo a que Macdonald (estrela de Boardwalk Empire) e Miller (prestes a estrear em Elementary) também se identificam.

Foi bom, McKidd diz, para "se reconectar" com Macdonald durante a divulgação de Brave e ele teve um chá com Miller no Soho um ano atrás.  Ele e McGregor foram unindos sobre suas paixões musicais. Em junho, McKidd lançou um álbum de tradicionais canções escocesas. Os rendimentos do 'The Speyside Sessions' gravado com um grupo de jogadores das montanhas e vocalistas (o ator cantou em quatro das 15 músicas e tocou guitarra), vai para a 'Save the Children', e McGregor contribuiu manifestando apoio em um mini-documentário.

"Ele veio até Grey's Anatomy e todos no set eram como, 'É Ewan McGregor!' Assim, após uma ausência de 15 anos estamos em contato de novo. Eu me sinto muito abençoado sobre isso... Tem sido muito bom, agora que todos nós amadurecemos e crescemos dentro de nós, para começar a nos reconectar."

Fonte: London Evening Standard

7 comentários:

  1. Vanessa Michelle13/08/2012 17:16

    Muita diferença no salário deles né?

    ResponderExcluir
  2. Kevin Mckidd é um ddos três melhores atores de grey's lhe dêm um aumento!

    ResponderExcluir
  3. juntamente com sandra e sara.

    ResponderExcluir
  4. demais.não concordo.

    ResponderExcluir
  5. Vanessa Michelle14/08/2012 14:27

    Quanto será que a Sara ganha? poxa ela é demais, é cantora, tem que ganhar mais tbm

    ResponderExcluir
  6. Livra que injustiça! O PD ganha em um só episódio, mais da metade desse valôr e este desgraçado que é um actor a sério, com participação em excelentes produções, com formação nessa area , com provas dadas e de ser reconhecido como tal tem de se esfolar por apenas 1 milhão! Já pra não falar da Ellenzinha, né?

    ResponderExcluir
  7. Como você falou bem...

    ResponderExcluir